A Doce Ilusão Da Paixão

foto-2-720x340

É possível se apaixonar ou gostar de alguém apenas por ver essa pessoa poucos minutos por alguns dias da semana?

Por muito tempo não achava possível. Sempre revirava os olhos quando ouvia a expressão “amor à primeira vista”, ainda  tenho receios a essa expressão, na verdade. Embora ainda não acredite em amor verdadeiro à primeira vista, acredito, sim, em paixão ou simplesmente sentir algo que não sabemos explicar ao olhar para alguma pessoa pela primeira vez, e esse sentimento pode evoluir e se tornar amor. Seja como for, é algo que domina nossa mente, nos faz sonhar e querer estar com essa pessoa que nem conhecemos.

Talvez esse sentimento seja apenas um interesse em conhecer a pessoa, mas nossa mente nos ilude e faz com que pareça ser uma paixão?  Talvez. Isso é bem possível e provável. Digo por experiência própria. E é isso o que venho compartilhar com vocês, o meu sofrimento por pensar estar apaixonado (talvez eu realmente esteja, eu não sei)  por uma menina que vejo quase todos os dias, mas, por medo, covardia, insegurança, por achar que ela merece algo melhor que a minha pessoa, já que ela é  tão encantadora e parece ser tão incrível, e muitos outros sentimentos, não sou capaz de falar com ela para que eu possa entender o que sinto e, enfim, parar de ficar escrevendo poemas que ela jamais saberá que existem durante a madrugada. Em resumo, sou Dante e ela Beatriz. (Obviamente, os poemas de Dante são muito melhores que os meus, acho que os meus não chegam a ser poemas, na verdade. Mas são escritos com toda a minha alma.)

Esse sentimento é assim tão estranho porque não tem explicação. Mas, tolo como sou, fiquei por meses buscando uma explicação que não encontrei. Talvez nem encontre. É como diz uma frase que me faz pensar bastante: “Esqueça essa história de querer entender tudo. Em vez disso, viva.” (Faça o seu Coração Vibrar, Osho). Talvez eu devesse viver em vez de tentar entender o que sinto. Conversar com ela, conhecê-la, estar com ela em vez de apenas admirá-la a distância. Talvez viver com ela seja o caminho para entender o que sinto(?) E isso, talvez, seja o pior de tudo. Pior que não enxergar o que deve ser feito, é saber o que fazer, mas não ter coragem suficiente para fazê-lo.

Caso você se encontre como eu, não seja um tolo e covarde como sou. Não se assuste com esse sentimento estranho de querer estar com alguém com quem nunca conversou, de estar com alguém que apenas vê alguns dias. Em vez de se assustar com isso, converse com a pessoa. Declare esse sentimento estranho. Diga que não sabe o que sente, que talvez goste, talvez esteja apaixonado por ela. Grite ao mundo tudo isso! E Lembre-se sempre dessa ótima frase do Zafón: “O destino costuma estar na curva de uma esquina. Como se fosse uma linguiça, uma puta ou um vendedor de loteria: as três encarnações mais comuns. Mas uma coisa que ele não faz é visitas em domicílio. É preciso ir atrás dele.”. Então vão atrás da sua paixão maluca, meus caros. Eu não aprendi a lição (ainda, talvez eu aprenda) e por isso jamais terei a doce Sofia, mas vocês podem ter quem amam ou gostem. Eu fiquei apenas com a doce ilusão da paixão, mas vocês podem ter a doce realidade do amor. Só depende de vocês.

Caso queira baixar esse texto em pdf: http://adf.ly/1la3vd

 

Anúncios

Publicado por

Winter In My Heart

Todos os dias me apaixono pela mesma pessoa, mas se isso é bom ou ruim, apenas o tempo dirá. Ela tem um sorriso que queima a minha alma e um olhar que sempre me deixa sem saber o que fazer ou como agir.

15 comentários em “A Doce Ilusão Da Paixão”

  1. MEU DEUS CARA! Estava no omegle e realmente, não esperava ler isso! Foi MARAVILHOSO, você escreve divinamente bem e expressa seus sentimentos com uma sinceridade tocante. Muito obrigado por me apresentar a seu texto e site, estou realmente grato!

    Curtir

    1. Confesso que me surpreendi, também estava no omegle e a princípio achei que era um louco tentando me “trollar”,mas a curiosidade falou mais alto e cá estou eu,e a propósito,você é realmente louco ❤

      Curtir

  2. Caro Dante,
    Eu e você estávamos, a pouco, conversando em um site de chats aleatórios. A minha internet não é das melhores, e perdemos o contato. Mas quero que saiba que gostei bastante do seu texto (principalmente da parte “O destino costuma estar na curva de uma esquina. Como se fosse uma linguiça, uma puta ou um vendedor de loteria…”)
    Continue escrevendo, ficarei feliz em ser sua fã.

    Até, Beatriz.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s